28/02/2012 Segurança no Trabalho em foco no Maracanã

Rio de Janeiro/ RJ - O canteiro das obras de reforma do Maracanã será palco de um ato público, organizado pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho), voltado para a prevenção de acidentes e a segurança do trabalho na construção civil, setor que concentra o maior número de acidentes de trabalho fatais no País. O evento será realizado às 10 horas (de Brasília) do próximo dia 2 de março e faz parte do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, lançado pelo TST em maio de 2011.Com a proximidade da Copa das Confederações de 2013, da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, o objetivo é reunir trabalhadores e representantes das construtoras responsáveis pelas obras, que atuarão como multiplicadores das medidas de prevenção e segurança. Na entrada principal do Maracanã, será montado o palco em que personalidades do mundo esportivo e autoridades palestrarão sobre o tema para os cerca de 4 mil operários envolvidos na reforma do Estádio.

 

O ex-atacante Ronaldo, representante do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014, é um dos convidados do ato público e fará sorteio de brindes para os trabalhadores. Além do sorteio, está prevista a exibição de um vídeo institucional sobre a prevenção de acidentes e as condições ideais de segurança do trabalhador. Os operários ainda receberão kits contendo cartilhas e uma miniatura do Estádio do Maracanã..

 

O Ato Público contará com a participação do presidente do TST e do CSJT (Conselho Superior da Justiça do Trabalho), o ministro João Oreste Dalazen, de representantes do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, do Ministério Público do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego, do SESI (Serviço Social da Indústria), do Getrin (Grupo de Trabalho Interinstitucional), da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), além do Governador e do Prefeito do Rio, Sérgio Cabral Filho e Eduardo Paes, respectivamente.

 

A iniciativa de instituições fluminenses em unir esforços para a prevenção dos riscos que impliquem prejuízos à saúde física e mental dos trabalhadores acontece na esteira do Programa Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho, lançado durante as comemorações dos 70 anos da Justiça do Trabalho. O principal objetivo é reverter o cenário de crescimento do número de acidentes de trabalho registrado no Brasil nos últimos anos.

 

Em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério da Previdência Social, Ministério da Saúde, Advocacia-Geral da União e Ministério Público do Trabalho, entre outras entidades que assinaram o protocolo de adesão, o programa visa à formulação e à execução de programas e ações nacionais voltadas à prevenção de acidentes de trabalho e ao fortalecimento da Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho.

 

Data: 27/02/2012

Fonte: Gazeta Esportiva

Compartilhe